Os Lusíadas, de Luís de Camões – Canto IX, est. 75-84